[Resenha] Franklin Richards - Filho de um Gênio

Escrito por Miaka J. S. Freitas - segunda-feira, fevereiro 09, 2015

Pense num menino danado.

Logo quando vi esse livro na banca, (eu juro) pensei que era Calvin e Haroldo, porque, sinceramente, parece muito (tanto que para quem mostrei o quadrinho tiveram a mesma percepção).

Capa de Franklin Richards e o livro A Espada de Kuromori, já resenhado no blog
 Acontece que, seguindo o formato parecido com Calvin e Haroldo. Não, não digo que são as tirinhas que nos atormentaram nas aulas e provas de português, mas por termos dois personagens como os principais sendo um deles um menino e outro, aqui em Franklin Richards, um robô-babá.

Assim como qualquer garoto da sua idade, Franklin é muito energético e vive aprontando traquinagens. Mas o que causa mais confusão é porque Franklin sempre arruma uma desculpa para usar algo do laboratório de seu pai. E essas experiências nunca dão certo.

Franklin é o filho do cientista e líder do quarteto fantástico: o homem elástico e sua esposa, a mulher invisível. Já dá para saber as loucuras que Franklin encontra no laboratório. Com a perigosa missão de sempre salvar o mundo, os pais de Franklin raramente estão fora de casa e com isso entra em cena o Herbie, o robô-babá de Franklin, destinada a cuidar do garoto. E como esse robô merece destaque. Ele se revela a peça mais engraçada do enredo com suas tentativas sempre furadas de evitar que Franklin apronte.
Detalhe ao Herbie, robô-babá do menino Franklin
O encadernado é a junção de vários outros volumes juntos. E são várias histórias de 5 paginas (mais ou menos) ao longo do volume, o que faz ser tudo uma leitura bem rápida e divertido.  E as histórias, que apesar de serem regradas a itens científicos muita das vezes "pegados emprestados" das coisas do pai, acabam levando Franklin a lugares e situações inesperadas e inimagináveis, mas não tira a magia da criança, que é sempre imaginativa, danada e que trata todo problema em uma diversão. E o humor contido em cada história de Franklin é tão perspicaz a qualquer um que já foi criança um dia, conviveu com uma criança e tem uma criança por perto, ou seja, qualquer um vai se divertir e se imaginar junto com eles.

Sendo sincera com vocês, foi uma das melhores aquisições de 2014 na minha opinião e se tiver mais um encadernados desses em 2015, serei a primeira a comprar. E realmente espero que venha mais doses de Franklin Richards nesse ano.  

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*