[Resenha] Resident Evil: A conspiração da Umbrella

Escrito por Miaka J. S. Freitas - sábado, novembro 24, 2012



*Atenção: O texto abaixo contem spoiler*


Todo mundo sabe que Resident Evil é um jogo de terror da produtora CAPCOM, a mesma que faz os jogos de Street FIghter, franquia que tem milhões de fãs pelo mundo. E dessa franquia de terror já surgiram filmes, livros e light novels. 

Depois do ultimo filme de resident evil  estreado no país, muitas editoras trouxeram os romances e as light novels inspiradas no game pro mercado nacional. A NewPOP também aproveitou e lançou no mercado a light novel Resident Evil: A conspiração da Umbrella.

Comprei essa light novel na banca, depois que um amigo meu avisou-me que havia chegado, sai na pressa para adquirir logo meu exemplar. Havia terminado de ler já faz alguns meses, mas havia adiado por semanas esse texto. O motivo: nem eu sei. Talvez seja a falta de criatividade para o post, então resolvi fazer algo diferente do que as resenhas que normalmente faço.

Logo no prólogo, lendo as noticias dos assassinatos e desaparecimentos em Raccon City, achei que estava lendo o jornal local. Em uma das noticias, um casal foi encontrado morto em um local chamado Parque Vitoria. Lembrei-me do bairro vizinho ao meu, onde realmente poderia ter acontecido uma atrocidade dessas. 

Um pouquinho mais adiante descobriu que zumbis são canibais. Serio, ele comeu outro zumbi caído que havia (literalmente) morrido. Tudo que aprendi no Guia de Sobrevivência fora por água abaixo depois dessa pagina. Se zumbis devoram os próprios zumbis não terá mais salvação para o mundo. Nem como zumbis poderemos sobreviver caso acontecesse esse tipo de apocalipse.

Mas uma coisa que me faz esperar ansiosamente um apocalipse zumbi está retratada na atitude gratificante que o Wesker teve em dá um tiro na mulher egocêntrica que ele queria ter um “relacionamento”, espero ter muitas oportunidades num possível ataque zumbi em poder dar tiros na cabeça de algumas pessoas... Essas merecem tanto um tiro, porem matar é crime, se for zumbi é defesa!

Já passando da metade do livro, aonde os mistérios já vão sendo revelados, alguém encontra umas anotações das primeiras vitimas... E assim alguém escreve, na insanidade da doença, uma carta para sua alma... Deve ser triste presenciar colegas perderem a consciência que tanto o homem luta para manter longe de alienações e seguir apodrecendo (literalmente!!!) a cada dia até tornar-se apenas um cadáver ambulante a procura de carne. Do sábio ao animal seguindo apenas seus instintos mais primitivos (se é que isso ainda existe naquele saco de células podres). Fiquei me perguntando, quando se transforma em um zumbi, a consciência se esvai? Ou eles sabem o que estão fazendo e sofrem por não ter mais controle de tudo que já foi um dia? Será uma morte cerebral com o corpo ainda animado?

Ah. Duas observações: esse T-Virus é algo totalmente insano capa de infectar classes totalmente diferentes. Aves, repteis, mamíferos e agora até plantas. O pior é seu poder de mutação, ao se combinar com o DNA do hospedeiro e causar mudanças tão... Radicais! O que a UMBRELLA estava pensando ao conduzir tais pesquisas?! Serio. Isso é insano. Se até plantas podem ser infectadas, como teremos sobreviventes? Não tem como escapar do vírus.

Segunda observação: Que loucura é essa de HUNTERS? E são 121?! Ah, não é nada não, só são mutações do T-virus, são poucos só, só 121 criaturinhas feitas para matar!

Não vou mais falar da insanidade que é essa light novel de Resident Evil. Fiquei morrendo de vontade de ler as outras novels da autora S.D. Perry, que também escreveu livros sobre Aliens; Timecop; filme Virus; Xena, a Princesa Guerreira. Dica para a NewPOP ou qualquer outra editora: Mais livros de S.D. Perry. 

Essa Light Novel é uma leitura altamente recomentada.

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*