Resenha || Turma da Mônica Jovem #88 - Somos Todos Nerds

Escrito por Miaka J. S. Freitas - quarta-feira, maio 18, 2016


Estava com preconceito com essa revista, uma edição colocada para fazer propaganda direta da Comic-Com XP. Algo que a Panini já havia feito com uma revista da Arlequina (o titulo no Brasil saiu como Arlequina Invade a Comic-con). Mas aproveitei que encontrei a edição novamente a venda e acabei comprando, fazer o quê? Detesto coleção com números quebrados...

Li e posso dizer que é bom. Não é a melhor história, afinal foi feita para promover o evento, mas também não é tão vazia como simples propaganda. Há muitas referências nerds, que deixa divertido você reconhecer ao longo da leitura. 

Houve uma preocupação com o roteiro para que o produto final não fosse algo banal. Como a maioria das histórias que compõem o titulo Turma da Mônica Jovem, essa edição marca em cima sobre a amizade. Algo que é bem interessante se você leva para o lado que os animês e mangás são bem focados na força e amizade, o que não deixa de ser mais uma referência a esse mundo pop/nerd.

Aqui também mostra que mesmo tendo gostos diferentes e sendo demonstrado de maneira diferente, no final somos todos nerds por curtir alguma determinada coisa (seja games, séries, livros, quadrinhos). E claro, a revista deixa claro que a Comic-Con XP é um evento que une todas essas tribos em um único espaço, servindo como uma forma de interagir e conhecer ainda mais de vários universos. Olha a publicidade aí gente!

Na revista mostra que "todos somos nerds" por gostar muito de algum ramo da cultura pop. Não posso deixar de notar a significância da palavra "nerd", para essa história, seja parecido com o termo "otaku" para o Japão. No  caso, Otaku, no Japão, significa que a pessoa é viciada em algo, não sendo necessariamente em mangás e animações. Era um termo considerado negativo, extremista e ofensivo, mas que  recentemente tem perdido um pouco essa conotação. E aqui no ocidente o termo "Otaku" acabou ganhando a significância de um fã de cultura japonesa. Dá para notar a mesma evolução com o termo nerd? Pois é, nerd também já foi um termo ofensivo mas que agora virou a graça da boca das pessoas e até um motivo de orgulho em alguns casos. Vai entender!

Não é um quadrinho que faria diferente você comprar ou não, não seria algo que é indispensável na sua coleção de Turma da Mônica Jovem, mas é importante frisar que diferente do fiasco que achei da edição "Arlequina Invade a Comic-Con", essa Turma da Mônica Jovem tem um roteiro divertido, cheio de frases e imagens de referência da cultura pop e não serve apenas para "fazer propaganda do evento".

Mais resenhas sobre Turma da Mônica: 



  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*