Bizarrices do Japão || Midori no Hibi

Escrito por Miaka J. S. Freitas - terça-feira, janeiro 12, 2016

Já não é de hoje que os otakus sabem o quanto o mundo do outro lado do planeta pode ser estranho e bizarro. Mas não custa nada lembrar. E para isso nada melhor que começar essa coluna sobre minhas aventuras nas bizarrices e tabus presentes em animes e mangás. A coluna terá vídeos de reações ao assistir o primeiro episódio (quando der para gravar e editar) e review escrito no blog. A exceção será algumas postagens, como essa primeira, que não terá vídeo de reação, afinal, já faz um tempinho que assisti Midori no Hibi (pelo menos uns 4 episódios eu consegui assistir).

Achei por acaso tal sugestão em um site (que agora não lembro qual era) e não é por acaso que virou minha referência de como um anime pode ser muito bizarro.

Em resumo básico do que se trata o anime: há uma adolescente, apaixonada por um Senpai que não a nota. Ela sempre desejou ser o braço direito do rapaz, até que um belo dia ela acorda e virou a mão direita do amado.

Só por esse resumo você já sabe o quão estranho é o anime. E minha reação a ver essa sinopse foi de descrença que isso pode vim a existir um dia.

Não consegui ver esse anime todo, que tem 13 episódios. Devo ter chegado perto da metade, vendo 4 ou 5 episódios, mas eu não consegui ver até o final. Hoje, confesso, que me arrependi não ter visto até o final o anime, pois até hoje estou curiosa para saber como a menina conseguiu a proeza de se tornar a mão do cara e se ela conseguiu voltar ao seu estado normal.

O mais bizarro chega mostrar que ambos meio que aceitaram essa bizarrice acontecer e (pasmem!) chegam a banhar juntos e fazer outras coisas juntas no dia-a-dia.

Como dito anteriormente, não soube o desfecho do anime, mas posso dizer que ele vale o primeiro lugar de anime mais bizarro visto até hoje (e olha que japonês tem um pouco de probleminhas quando se trata de coisas bizarras). Para quem não se incomoda a uma situação totalmente ilógica (não que eu ache animes lógicos, mas pelo menos tem algumas explicações e situação que mesmo estranhas, tem sentido se você forçar a cabeça e ser mente aberta, mas tem outras - como tentáculos salientes - que são totalmente surreais até para um otaku mente aberta as bizarrices) esse anime vale ser assistido pela sequencia de coisas estranhas que acontece.

Não é pesado, é uma comédia romântica com uma pintada de ecchi e é bastante divertida justamente por suas coisas estranhas. Quem quiser se aventurar no título por sugestão do Um Sofá, pode voltar e deixar aqui nos comentários suas impressões acerca do título.


  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

3 recados

  1. Eu não só já assisti esse anime, como traduzi todo o mangá dele :D
    Ele é um dos meus favoritos. A forma como ela se tornou a mão direita do
    Seiji não é explicada de forma clara no anime (creio que no mangá seja melhor
    explicado). É uma história romântica muito linda (gosto muito da Midori).
    Se puder, recomendo que assista tudo desde o começo de novo :)

    ResponderExcluir
  2. Só um detalhe: não foi ela quem desejou ser a mão direita do rapaz, mas sim o rapaz que, por ter levado fora de garotas vinte vezes pensava que acabaria se tornando namorado da mão direita ;)

    ResponderExcluir
  3. WTF!? - Minha reação ao ler essa sinopse.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*