[Resenha] A Menina Mais Fria de Coldtown

Escrito por Miaka J. S. Freitas - segunda-feira, janeiro 26, 2015

"Se você ganhar um beijo dos meus lábios frios como argila, seu tempo não será muito longo"- As Baladas Infantis 78: O Túmulo Inquieto

Imagem retirada de algum
canto do obscuro do Google
Meu primeiro contato com algo da autora Holly Black (e olha que eu já estou preparando mais dois contatos logo agora no começo de 2015: Desafio de Ferro e Boneca de Ossos, me viciei nessa autora, pode ter certeza). Logo quando a Editora Novo Conceito anunciou o lançamento desse livro e eu vi a capa, fiquei louca para comprá-lo. Porém, não achei ele quando fui ver o filme de Maze Runner no cinema e acabei comprando outro lançamento do mês (Half Bad, onde tem uma prévia e um vídeo que falo rapidamente do titulo aqui no canal).

Acabei procurando o eBook pela internet afora, mas comecei a ler somente nesse mês de dezembro. E o que dizer desse livro? E o que dizer desse final? Simplesmente preciso de mais!

Te garanto que acabei me apaixonando por vários livros que tinha o nome dessa autora e só depois de me tocar que todos tinham o nome dela. Sim, eu acabo lendo a sinopse e o titulo e nem presto atenção no nome da autora. Só sei que depois desse livro, está para ganhar o titulo de ser umas das minhas autoras favoritas (mas ainda tenho que ler mais obras dela).

Mas deixando de ladainha sobre a Holly Black, vamos ao que interessa: o livro. Mais uma vez temos aqui um livro onde as criaturas sobrenaturais que estão nos holofotes e na fama é os VAMPIROS. Acredito que Holly possa ter se utilizado de tais criaturas e fazer o que fez, transformando os vampiros aqui em não simples criaturas que sugam sangue, mas em criaturas famosas, que atraem a atenção, a fama e todo aquele entusiasmo romântico que muitos idealizam em torno da eternidade. Aqui temos uma sociedade que mesmo temendo tais criaturas, sonham em conquistar essa eternidade, fica vidrada nos programas dos vampiros e toda essa ideia. Algo que, se compararmos com a nossa realidade, é o que tem acontecido deste da década de 90, onde cada vez mais vampiros caem na moda pop e atraem centenas de fãs (a ultima grande cartada de seres sobrenaturais foi em Crepúsculo, onde Stephanie Meyer acaba de "matar" o encanto fazendo um vampiro que brilha feito purpurina em mãos de criança do infantil I). É como dizer que a ficção imita a realidade, onde as coldtowns fazem com que os vampiros apareçam bem convidativos para uma eternidade de glória e fama.

E o que falar das Coldtowns? São cidades cercadas de muros altos, isoladas do meio externo. Foram cidades onde ouve surtos grandes de transformação em vampiros e o governo achou que o melhor jeito foi isolar acidade através de muros e prender o mal lá. Uma verdadeira utopia, em acreditar que é fácil para um ser sobrenatural sair daqueles muros. E é uma utopia também achar que o governo controla aquela área de quarentena, quando na verdade não é bem por ai. Mas você só vai descobrir que o buraco é mais embaixo quando for lendo o livro. As coldtowns tem uma verdadeira comunidade sendo televisionada (como um Big Brother Brasil bem bizarro) o que faz muitos jovens ficarem sonhando em entrar numa dessas e conquistar aquele brilho e glória mostrada pelas festas e bailes televisionados.

E nesse mundo onde reina a utopia da sociedade dos vampiros, a falsa segurança com o "controle de praga vampiresca" controlada, nossa protagonista se encontra. E em um belo dia ela vê todo o mundinho típico de adolescente dela mudar por causa de um vampiro lindo e perturbado chamado Graviel (tenho quase certeza que esse nome é nome de algum anjo). Depois de um ataque a casa de fazenda em que ela e seus amigos se encontravam farreando, ela se depara com vampiros na festa onde mataram todos. Mas ela por uma sorte infinita acaba ficando viva e seu namorado/rolo/trelelê também esta vivo, mas condenado a se tornar um vampiro, um período que ele fica infectado (chamado de resfriado) e se ele tomar sangue humano, ele se torna verdadeiramente um vampiro.

Decidida a não deixar mais ninguém morrer, ela salva seu namorado/rolo/trelelê e o vampirinho que está com ele e só quer transformá-lo em sua próxima refeição e encaminha direto para uma Coldtown, que o livro quer deixar claro que era melhor escolher o suicídio. E a partir dai, as coisas só tendem a pegar mais fogo.

Esse livro dá uma nova abordagem aos vampiros, trazendo uma perspectiva do que seria mais próximo a nossa realidade, caso a humanidade descobrisse hoje que as lendas e a ficção sobre seres sobrenaturais fossem verdade. Ele também tem uma narrativa leve, própria para uma categoria juvenil, o que faz a leitura correr rápido e você simplesmente devorar o livro. E, a terceira coisa sobre o livro: QUE FINAL É AQUELE?

Não, não vou soltar o spoiler e te contar qual é o final, mas te garanto que eu fiquei com um baita ponto de interrogação pelo final. Já queria mais, e quando descobri que aquilo é o final (te juro que eu pensei que meu eBook estava incompleto), eu tenho quase certeza: VAI TER CONTINUAÇÃO. E pode ter a certeza absoluta, antes mesmo de chegar no final, você vai querer mais desse universo que Holly Black te apresenta.


Só sei que por esse livro ela me conquistou e fez com que os outros livros que tenho com o nome dela aqui na coleção saltasse algumas posições a frente para uma próxima leitura. Espero que assim como eu, vocês amem esse livro e que venham aqui depois da leitura e  vamos debater sobre aquele final (nessa hora sinto saudades de forúns de leitores na internet, com quem mais vou debater as teorias até o próximo livro chegar?!).

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

11 recados

  1. Eu espero sinceramente que tenha continuação.
    Se não tiver é muita maldade com os leitores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain, e coloca maldade nisso.
      Ao final da leitura fica um grande vácuo na leitura. Realmente lançou algo ainda incompleto. E eu adorei tanto esse universo...

      Beijinhos =*

      Excluir
    2. Ain, e coloca maldade nisso.
      Ao final da leitura fica um grande vácuo na leitura. Realmente lançou algo ainda incompleto. E eu adorei tanto esse universo...

      Beijinhos =*

      Excluir
  2. Eu comecei a ler esse livro em e-book em dezembro, mas acabei desistindo (não tava muito na vibe de lê-lo). Juro que vou voltar a lê-lo só por causa desse final kkkk vc conseguiu me deixar curiosa !!!
    P.S: Adoro o ex-namorado bi da Tana kkk <3

    http://werenotbestsellers.blogspot.com.br/

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não considerei muito ele como "namorado" da Tana. Eles tem um caso embolado e complicado, mas ao meu ver nem parece muito namoro. Mas não consegui também adorá-lo pelas coisas que ele fez.
      Cara, você tem que terminar esse livro.
      Depois me conta se você conseguiu terminar o livro e o que achou ;)

      Beijinhos =*

      Excluir
  3. Faz algum tempo que desejo ler esse livro, a capa chamou a minha atenção, assim como o título. Após sua resenha a minha vontade somente cresceu. Parabéns pelo o blog!!

    http://sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, linda.
      Espero que goste do livro tanto quanto eu gostei.
      Depois volte para contar o que achou.

      Beijinhos =*

      Excluir
  4. Olá!
    Eu estou com esse livro na estante há umas duas semanas na fila de leitura ainda não o li por não ser o momento, mas pude perceber que ele é muito bom e em sua resenha você deixa bem explicito. E o final???? Já quero saber qual é. Adorei a resenha.

    http://minhasprimeirasimpressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OMG! Não faça isso. Não deixe ele ficar pegando poeira e leia logo, Mary!
      Obrigada pelo elogio a resenha ^^

      Volta sempre viu?
      Beijinhos =*

      Excluir
  5. Ainda pretendo ler esse livro, realmente parece ser maravilhoso.
    Dê uma passadinha no meu blog e escolha o próximo tema do blog! O primeiro já saiu "A prosa gótica" aproveite para saber mais a respeito ;)
    http://mylenaaraujo21.blogspot.com.br/2015/01/a-prosa-gotica.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei esse livro, apesar que alguns capitulos do livro estavam incompletos no ebook.
      Mas eu estou louca para tê-lo na minha estante, quando tiver, vou reler logo *-*
      Vou lá escolher o assunto sim. Espero sempre sua visita. Sucesso para você e quando ler, venha aqui de novo contar o que achou.

      Beijinhos =*

      Excluir

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*