[Resenha] Chico Bento Moço #1

Escrito por Miaka J. S. Freitas - quinta-feira, fevereiro 27, 2014


Depois de tanto tempo, venho expressar minha humilde opinião. 
 
Faz um bom tempo que eu queria me expressar sobre esse novo projeto do Mauricio de Sousa Produções

O que dizer sobre Chico Bento Moço?

Apesar da edição numero 1 ser apenas  a apresentação de toda turma da roça crescida, a história segue um rumo mais maduro para o Chico Bento e companhia. 
Foi sábio ao Mauricio esperar a evolução do traço e a aceitação e consolidação da Turma da Mônica Jovem (TMJ) para lançar algo similar para o Chico Bento. E quanto digo similar, mantenha na mente que apenas o traçado mangá é similar nesse contexto de comparação das duas. 

Não Chico Moço tem um segmento mais maduro e voltado a um publico mais velho, apesar da classificação “para maiores de 10 anos”. Não que uma criança de 10 anos ou menos não se interesse pelas histórias de um caipira de 18 anos que está entrando na faculdade, mas sim digo que um publico de 15-18 anos que está mais próximo dessa realidade tenha uma procura maior por essa publicação. E porque não arriscar e dizer que os adultos também? Afinal, Chico Bento sempre foi uma revista que atraia muitos adultos para sua leitura. 
 
Apesar de esse projeto ser de conhecimento do publico deste dos primeiros volumes da Turma da Mônica Jovem, aonde em várias entrevistas o próprio Mauricio já havia revelado que o Chico e a Rosinha já envelheceriam também, o fato é que demorou. Demorou umas 50 edições para que Chico Bento ganhasse a forma de um jovem responsável que ingressou em Engenharia Agrônoma. 

Fazendo um parâmetro com a outra revista (e mais antiga) do mesmo segmento é engraçado perceber que a TMJ nasceu para a turma da Mônica terem aventuras fantásticas no melhor estilo mangá, mas nesses últimos volumes pouco se via ação desse propósito (ainda bem que a edição 65 e 66 mudaram um pouco as coisas), fazendo quase como os quadrinhos comuns da Mônica de 6 anos de idade. Já Chico Bento Moço parece ser um autentico nacional, mesmo o traço lembrando vagamente o mangá, mas toda sua narrativa leva a crer que teremos entre as prateleiras algo realmente originalmente brasileiro e não apenas um genérico mangá que é produzido no Brasil. 

Para quem ainda não conferiu Chico Bento Moço, seria interessante pararem um pouco numa banca próxima e comprar uma edição, quem gosta do gênero não irá se arrepender. 

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*