Crítica || Sucker Punch

Escrito por Miaka J. S. Freitas - domingo, dezembro 30, 2012



Ficha Técnica
Sinopse: Babydoll foi internada em um sanatório pelo padrasto inescrupuloso, que encomenda uma cirurgia para destruir o cérebro dela. Mas a jovem descobre que seu refúgio pode estar dentro de sua mente e só assim ela poderá se libertar para sempre. Agora, vivendo esse mundo paralelo, ela enfrentar dragões, samurais, robôs e nazistas sobrenaturais, que a farão viver uma perigosa e fantástica aventura na companhia das colegas de internação Blondie , Rocket, Amber  e Sweet Pea . Seria essa então a sua única chance de libertação?
Ano de produção: 2011

     
Essa é a essência de sucker punch - mundo surreal

Mas a garota não estava em um quarto em sua casa, mesmo assim tinha uma imaginação surreal - tudo para fugir do manicômio onde foi internada.
 
Mapa, fogo, faca e chave. Cinco coisas que precisava para liberdade. Eu disse cinco? E só enumerei quatro? O outro é surpresa!

Logo no começo do filme, ela imagina lutar em guerras e você sabe que é imaginação dela. 

Consegue separar a vida dela com as "alucinações". Mas no final, já não sabe se tudo fez parte da alucinação ou se foi real! Isso que o faz misterioso!

Não entendeu nada? Assistem! Não quero contar spoleirs, já contando.

Realmente, as lutas, o cenário melancólico, as ações, efeitos, tudo de encher os olhos. Como fui com meu fiel acompanhante de filmes: meu pai, não podia faltar comentários:

Nas lutas um pouco lembrava (isso na segunda luta) 300 só que os inimigos das meninas parecem ter saído de senhor dos anéis e o dragão lembrou vagamente eragon. Só que o movimento que ela faz para matá-lo lembra Alice!

Já na terceira luta, lembra as lutas dentro da nave em star wars, só que os robôs mais parecidos com eu robô e as armas lembravam exterminador do futuro (não me pergunte o numero).

Mesmo parecendo a junção de filmes que fizeram sucesso e uma trilha sonora que amei (vou procurar a musica e o cantor), o filme me prendeu e até agora não consigo tirar da cabeça.

Esse trabalho, em minha opinião, devia ter um livro bem mais detalhado e trabalhado (é pedir demais? até lenda dos guardiões tem um livro e uma espécie de continuação), também seria um ótimo enredo para mangá (e anime).

Assistem, e me contam o que acharam!

O filme virou um dos meus favoritos!

 *Achei esse texto em meu antigo blog "Universo Atakima" quando estava excluindo as postagens. Corrigi uns erros de português e trouxe para cá. Talvez para verem o quanto evolui (ou não) em textos sobre filmes e livro. Espero que esteja de agrado e faça com que assistem esse filme, para quem ainda não viu. Esse filme é maravilhoso. Para quem ainda não viu, não custa correr para assistir.*


  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

2 recados

  1. Sou fã tambem.Seria bom se o diretor fizesse um filme de DBZ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Waner Bros sempre trás filmes com efeitos especiais de encher os olhos!
      Bem que podia ter uma adaptação em livro e uma continuação.

      Excluir

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*