[Resenha] Fairy Tail - Ed. 23

Escrito por Miaka J. S. Freitas - quinta-feira, novembro 01, 2012




Lançado agora para o mês de novembro, o volume 23 de Fairy Tail trás o clímax do arco Edolas. Pesquisando no Wikipédia, o arco acaba no capitulo 199. O volume 23 trás do capitulo 188 a 196, faltando, portanto, 3 capítulos para o termino do arco.

Não direi que até agora é meu arco favorito, até porque gostei de todas as historias até então apresentadas. Sei que na internet, acompanhando o lançamento do Japão, os capitulos disponíveis já estão bem mais na frente e que muitos fãs do titulo acham um dos arcos mais chatos. Porem, gostei do que o mestre Hiro Mashima trouxe para o arco: um mundo paralelo a terra.

Para se situar um pouco farei um breve resumo do arco Edolas: A terra foi sugada por um anima e levado para Edolas (um mundo paralelo a terra), só restando Natsu e Wendy (Charle e Happy com eles). Então o grupo decide ir atravessar o anima que ainda está aberto para resgatar o resto da guilda (e conseqüentemente tudo que fora tirado da terra). Em Edolas, eles foram guiados por Charle, que assim como Happy, nasceu no mundo de Edolas.

Não vou falar muito da trama do arco, assim estrago muitas descobertas que ele tem!

A parte que realmente achei fofo (e me emocionei também) foi a que conhecemos quem são os pais de Happy, porem, eles preferem manter segredo (tadinho do Happy, não ficou sabendo que estava na casa dos pais).

Tambem no volume 23 vemos mais uma vez Erza lutando com sua versão de Edolas: Erza KnightWalker. Toda essa parte da luta é bem emocionante também, a galera toda da Fairy Tail dá umas lições de moral que deveríamos carregar para toda vida.

Vemos também a guilda Fairy Tail de Edolas unida para ajudar Natsu, Erza, Lucy, Gray, Wendy e Gajeel na luta contra as divisões de guerra do Reino de Edolas. Engraçado disso é ver os personagens em duplicadas, porem de personalidades totalmente diferentes, e o pessoal da Fairy Tail da terra vai ensinando lições e mudando nem que seja em um pequeno detalhe o modo de vista de Edolas. É ilariante ver Gray, que sempre está semi-nu, encontrar sua versão “gorda” de Edolas por causa de tanta roupa que veste.

Descobrimos a verdade sobre Mystogan (que, ao meu ver, estava demorando demais) e vemos a Lisanna de Edolas.

Gostei muito de ver o povo de Happy, chamado Exceed, que uniram forças para salvar Extalia (um país flutuante, em cima de Edolas). Um bônus que não posso deixar passar é ver Gajeel que ainda quer um “gatinho” para chamar de seu. Afinal, os outros dois matadores de dragões (Natsu e Wendy) também tem um, não poderiam excluir Gajeel.

Espero ansiosamente pelo mês de dezembro com o desfecho desse arco que, com certeza, ainda vai trazer muitas emoções aos leitores.

Fairy Tail, uma publicação da JBC.

  • Compartilhe:

Você poderá gostar também

0 recados

Seu comentário é muito importante para o crescimento, amadurecimento e manter a qualidade do blog.
Todos os comentários serão respondidos, então marque as notificações!
Deixe seu link no comentário, terei o prazer de retribuir a visita.
Segui. Segue de volta? Se eu gostar, seguirei com prazer!
Beijinhos da Miaka-chan =*